À medida em que as redes sociais vão ganhando um espaço cada vez maior na vida das pessoas, essas plataformas se aprimoram e entregam funções cada vez mais captativas. Prova disso é que o Instagram, que há pouco tempo apresentou o Checkout (recurso que possibilita a compra de itens diretamente pelo aplicativo) e, agora, a rede social está dando um passo adiante nas soluções de compra online, lançando sua conta de loja virtual oficial: a @shop.

 

Pelo visto, o perfil @shop foi aberto com o intuito de mostrar e apresentar diferentes marcas de moda, beleza e de estilo de vida que se encontram ao redor do mundo. Em um comunicado enviado ao site HuffPost, o aplicativo afirmou que o canal é uma espécie de “celebração das pequenas empresas e dos criadores que estão por trás delas". Explicou também que o conteúdo publicado nessa página será totalmente baseado nas preferências da comunidade de compradores do Instagram.

Até a noite desta sexta (10), o @shop possuía 13 publicações e cerca de 37 mil seguidores. Lá, é possível encontrar bolsas, produtos de beleza, entre outros voltados para o público feminino. Um representante do aplicativo afirmou, ao HuffPost, que as marcas não poderão pagar para aparecer na conta, pois ela será baseada totalmente pelas tendências da comunidade.

Outro ponto interessante dessa conta está no fato de ques as postagens possuem legendas que fornecem informações sobre cada marca, produto, além de citações dos fundadores. Eva Chen, diretora de parcerias de moda do Instagram, explicou ao site Business of Fashion que a maioria das pessoas que gostam de fazer compras apreciam ler e ouvir as histórias por trás dos produtos exibidos na tela, pois elas fazem com que os potenciais clientes acabem se interessando mais.

 
 

Ainda, ela diz que, apesar de a @shop ser uma espécie de vitrine virtual para as marcas, ela continua sendo uma conta de rede social, e, como tal, as pessoas querem ouvir histórias humanas. Chen, que também é uma influencer do Instagram, com mais de 1 milhão de seguidores, afirmou ainda que o público alvo do @shop são as mulheres na casa dos 20 a 30 anos. Assim, ela diz que terá um tom amistoso e destinado, principalmente, a destacar as marcas e as empresas que construíram o seu mercado através do Instagram.

Conforme o Canaltech verificou, o @shop pode ser acessado através de qualquer ambiente — pelo app ou via web. Todavia, os links de compra de cada produto só estão sendo exibidos no aplicativo para celular, não aparecendo (ao menos ainda) na versão do Instagram para navegadores. Esses links direcionam os usuários para as páginas oficiais das lojas por onde podem realizar a compra do produto divulgado ali.

Fonte: HuffPost